Seguro Viagem e o Tratado de Schengen

Vivendo “perigosamente” em Luca na Toscana. Foto: JohanesDuarte

“O Tratado de Schengen é um acordo firmado entre 26 países europeus, que visa estabelecer a livre circulação dos visitantes nos países participantes.

O Tratado também estabeleceu a obrigatoriedade da contratação de um seguro viagem no valor mínimo de € 30.000 euros para todos os turistas. O objetivo dessa regra é garantir que o visitante possa pagar as possíveis despesas médicas surgidas durante a viagem, inclusive em caso de óbito.

Os seguintes países participam do Tratado:

Alemanha
Áustria
Bélgica
Dinamarca
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Estônia
Finlândia
França
Grécia
Holanda
Hungria
Islândia
Itália
Letônia
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Noruega
Polônia
Portugal
República Tcheca
Suécia
Suíça
Liechtenstein
Chipre

Os únicos países europeus que não participam do Tratado atualmente são: Reino Unido, Irlanda, Croácia, Romênia e Bulgária.”

Fonte: ParceirosPromo

Independente da obrigatoriedade eu não viajo mais sem seguro viagem inclusive se eu estiver assessorando no planejamento da viagem já incluo no pacote de passagem, estadia etc.

O valor de um seguro bacana é praticamente irrisório se comparado às dores de cabeça e gastos que podem nos surpreender no decorrer de uma viagem.

Mês passado mesmo uma amiga acionou o seguro em Paris porque foi atropelada por um casal que perdeu o controle de seu patinete, na calçada!

Resumindo, a dica é, faça seguro sempre, aliás, fale comigo que eu faço e com desconto especial da TatiSapateiro Viaja 🤓

Deixe uma resposta